Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘sonhos’

Todos temos sonhos

Todos nós temos sonhos. Uns possíveis, outros não. Embora seja perigoso dizer que uns não são possíveis, até acredito que tudo é possível até que alguém venha dizer que é impossível, e estragar tudo. Mas quem tem autoridade para dizer alguém o que é impossível?

Ninguém conhece o limite e a força do ser humano, sendo assim, se você realmente quiser seu sonho, vá se realizar. Santos Dumont queria voar, e voou, Henry Ford queria se deslocar sem que para isso seu corpo precisasse se movimentar, e assim o fez.  Vários exemplos de sonhos impossíveis que se tornaram realidade podem ser citados, basta acreditar e enfrentar os obstáculos que aparecem pelo caminho.

Os únicos obstáculos que não posso ultrapassar são aqueles em que eu não me permito lutar.

Read Full Post »

chwp15l

O sono me veio de mãos dadas com esse pensamento serelepe:

Meu cobertor é como a rede de um pescador.

Toda noite eu jogo a rede sobre o oceano onde durmo para ver quais sonhos apanho!!

Read Full Post »

feature31

Sonhos, sonhos sãos??

Blahnnn!!

O barulho oco que ecoa em minha cachola agora reverbera por meu corpo, derretendo todos os meus contornos, meus sentidos escorrem pela calçada sem nenhum limite. Abandone sua parca noção de realidade e tire os pés do chão por um instante. A métrica ficou para trás, a associação de imagens corre solta, dadaísmo freestyle ou surrealismo linha-dura, o que importa agora não é mais o real, mas o fluir de idéias.

Enquanto tento represar um pouco de lógica na sarjeta observo o cenário. Tudo parece suspenso em um tempo diferente, como se cada individuo obedecesse a sua própria realidade, aqui o status quo não freqüenta nem mais os livros de história. Negras nuvens mastigam o que sobrou do manto azul que cobria o céu, porcas-borboletas sobrevoam as grandes colméias aonde os humanos costumavam trabalhar em chiqueirinhos 2X2. Minha visão acompanha mais um rasante enquanto carros são jogados como brinquedos por meninos-de-rua gigantes que agora tem tempo de brincar com os carros sem que nenhuma janela lhe sejam fechada. A baleia metálica espirra por suas janelas passageiros-uvas-passas. O velho leão-Marinho tenta controlar tudo através de sua caixinha-mágica-hipnotizadora.

O guarda apita a multa para quem perder o compasso desse dub acústico, ou seria um maracatu eletrônico?? Confuso vejo as notas que saem como um chafariz do hidrante roxo ao meu lado. E terra reverbera em uníssono essa catarse coletiva, criando atmosferas ainda mais delirantes. Um alce tenta alcançar as acelgas que crescem em baixo do Minhocão. A banda passa, a faixa de pedestre balança como anêmonas bi-colores num balé sub-asfáltico. Passa a bateria. Meu coração apita, a rainha da bateria caminha em minha direção…ahh sonhos…sonhos são? Mas como? se aqui a sã consciência repousa na boca da rã?? Batráquios gospem nomes de possíveis maridos no coreto da praça. Políticos são prensados em praça publica por paralelepípedos faraônicos que lhe vem cobrar a merenda burocrática. As ovelhas queimam as cercas e não deixam ninguém mais dormir. A festa segue num ritmo de deixar Dionísio com azia. Que maravilha, Alice, segura minha mão enquanto o coelho mata o tempo que nos perseguia.

Como em um dia quente a lógica balança como miragem subindo do chão, num passeio irreal por tudo aquilo que podemos criar nos mais lindos becos sujos da mente, uma viagem lisérgica sem lenço ou sem documento, sem nenhum tipo de catalisador, apenas pela graça de tornar nosso cotidiano mais colorido, deixo minha alma quarar no varal, leve como a vida deve ser lavada, nessa toada vou deixando a toalha cair, a realidade vem feito uma gralha tolher a imaginação. De volta ao cotidiano de um ano que já nem começou, agradeço pela atenção dispensada, deixando um convite musical:

Leve sua alma para passear!!

Read Full Post »

Sempre fui um homem correto, acordava cedo ia pro trabalho, antes de sair dava um beijo na esposa e em cada um dos meus sete filhos e meio, sempre freqüentei a igreja, agradecia a Deus por tudo aquilo que não tinha, sempre fui criticado por isso diziam que eu era egoísta e tinha que agradecer pelas coisas que eu tinha. Nunca tive nada! Então agradecia a Deus por tudo aquilo que eu não tinha.

Água? Só ardente.

Posso ter minha fé, minhas crenças, mas, juro que eu vou matar, e Deus vai concordar comigo, essa eu mato. Ela matou meus oito filhos e minha esposa, e se eu não mata-la ela é quem me mata, se eu não mato eu morro.Haaaaaaaaaaa! Ta pensando que é quem pra matar meus filhos?

Fiz muita coisa para ela não matar minha família, mas, ela é impiedosa, matou a todos sem um pingo de arrependimento, matou todos que eu amo, matou a única coisa que eu tinha de valor nessa minha vida, e agora quer me matar? Ah! Já não basta a dor que sinto dentro de mim por ela existir e a dor maior que ela me deu por ter levado minha família, quer me matar também. Desnutrido! Mas, eu te Mato.

Aqui não chega chuva nunca, a única coisa que chega sem parar é caixão, e se eu não matar, ela me mata, e o próximo caixão a chegar vai ser o meu.

Ah!!! Fome maldita! Ainda hei de te MATAR!

Read Full Post »